sábado, 22 de dezembro de 2012

Massacre na Escola de Newtown


O massacre na Escola de Newtown, nos Estados Unidos da Américo, que levou aquele jovem de 20 anos, a matar 20 crianças e 6 adultos, um dos quais a sua mãe que dormia em casa, chocou o país e o mundo! 

O que levou o Presidente Obama solidarizar-se com as famílias das vítimas, e apelar ao seu povo para se unir para que estes massacres não se voltem a repetir. Estudar a análise psi-patologia do autor cabe aos especialistas na matéria, mas combater este fenómeno exige mudança na política criminal dos EUA e mudança na cultura da América. 

Ao que se sabe a mãe do autor coleccionava armas fogo e era adepta de jogos policiais de computador. Ora, isto revela bem a facilidade que o autor tinha, no acesso e uso de armas de fogo. 

Em Portugal quando há desentendimentos as pessoas, podem entrar num café e desatar ao murro e ao pontapé, mas por razões culturais não levam armas de fogo e começam a disparar “a torto e a direito”, não há registos de crimes dessa dimensão no nosso país, nem na própria Europa.
 
A razão está no facto de haver um política criminal que condiciona severamente a licença de uso e porte de arma de fogo, embora de reconheça que a crise económica em Portugal desencadeasse milhares de pedidos de licenças. 

Nos EUA o uso da arma de fogo é encarado com uma necessidade de defesa própria, em média cada pessoa tem 3 armas, referindo as que estão legalizadas, o que significa que ser portador de arma é uma questão cultural. 

Por incrível que pareça, as armas compram-se com mais facilidade que as bebidas alcoólicas, onde por vezes se pedem documentos de identificação para atestar a idade!

terça-feira, 18 de dezembro de 2012

Portugal a empobrecer!

De acordo com Instituto Nacional de Estatística o poder de compra nacional é 77% da média europeia a 27, onde apenas a Estónia e a Eslováquia tem menor poder de compra. O que significa que Portugal empobrece para os níveis de 2004. 

De acordo com os dados do referido instituto, dentro da zona euro só os mencionados países é que são mais pobres do que Portugal, enquanto dentro da União Europeia há quatro países em situação pior, referindo-se à Lituânia, Polónia, Hungria e Bulgária. 

Estes dados são alguma surpresa?

Portugal sou eu!

Mais de uma centena de empresas portuguesas participam na iniciativa do Governo denominada de “Portugal Sou Eu! Esta campanha visa promover a produção nacional e o seu consumo. 

Esta ação tem por objetivo principal a promoção a certificação de três mil produtos nacionais até ao ano de 2013. 

Espera-se que esta iniciativa seja bem produtiva para a economia nacional, no que se refere ao empreendedorismo, competitividade e inovação! 

sábado, 15 de dezembro de 2012

Presépio!



Afinal, a vaca e burro não fazem parte do presépio!

O Papa fez novas revelações acerca do nascimento de Jesus Cristo.

O novo livro religioso de Bento XVI revela que a vaca e o burro no presépio de Belém são uma invenção. Segundo o Papa a ideia da presença dos dois animais, refere o livro, terá sido criada pelos hebreus no século XVII.

No que se refere à virgindade de Maria, Bento XVI diz que Jesus Cristo é fruto de uma nova criação e que foi concebido por obra do Espírito Santo.

Há quanto tempo andamos a por o burro e a vaca no presépio, a passar a mensagem às nossas crianças e a comprar figurinhas!

quarta-feira, 5 de dezembro de 2012

Tongóbriga no Marco de Canaveses

Tongóbriga é uma cidade romanizada situada na freguesia portuguesa do Freixo, concelho de Marco de Canaveses. Está classificada como Monumento Nacional.
A sua promoção e divulgação é levada a cabo pela Associação de Amigos de Tongóbriga, que tem o desígnio de construir um espaço cultural vivo na região. Wikipédia, a enciclopédia livre.

Situada no limite do território dos Callaeci Bracari, a cidade galaico-romana de Tongóbriga revela uma etimologia céltica composta pelos elementos tong- (jurar) e -briga (povoado fortificado). As referências mais antigas a esta cidade remontam ao século II, pelo geógrafo Ptolomeu. A passagem de vias romanas nas imediações, que estabeleciam a ligação com os principais centros populacionais da então Lusitânia, aponta no mesmo sentido do peso regional de Tongóbriga.

As escavações da urbe iniciaram-se em Agosto de 1980, num sítio conhecido localmente por Capela dos Mouros, e estenderam-se a uma área superior a trinta hectares. Sob a direcção de Lino Tavares Dias, constatou-se a importância desta cidade como centro estruturado de poder, civitas, confirmada pela presença de uma estrutura termal de 1400 m², com uma área comercial anexa, datadas, respectivamente, do século I e primeira metade do século II. Possui ainda uma estrutura do período castrejo, nomeadamente os banhos públicos e a Pedra Formosa, junto das termas.
Wikipédia, a enciclopédia livre.

http://www.rotadoromanico.com/vPT/Actualidades/Eventos/Paginas/MercadoRomano2012.aspx


domingo, 2 de dezembro de 2012

Portugal solidário!


Este fim-de semana realizou-se mais uma campanha de recolha de alimentares do Banco Alimentar. Os portugueses como sempre, revelaram-se mais uma vez solidários em tempo de crise. O que revela bem que em tempos difíceis, estamos sempre disponíveis para ajudar quem precisa, apesar da entrevista polémica que a Presidente no Banco Alimentar Isabel Jonet, deu à televisão SIC que originou a alguma contestação e aproveitamento politico, como foi do domínio público.
Desta vez a campanha registou 2.167 toneladas de alimentos; que é sensivelmente o mesmo de Novembro de 2011 que foi de 2.180.

terça-feira, 27 de novembro de 2012

Divida externa!


Da Reunião do Eurogrupo saíram novas medidas de apoio à Grécia, que passam pelo perdão de parte da dívida, redução dos juros e revisão das condições do empréstimo externo da FEEF que passa pelo prolongamento do prazo.

Esperamos é que haja igualdade de tratamento entre os Estados membros, para que essas medidas mais favoráveis se apliquem à Irlanda e a Portugal, para minimizar os efeitos negativos da austeridade, que pode representar para Portugal uma poupança anual em juros na ordem dos 26 milhões considerando o empréstimo total de 26 mil milhões de euro.





Fonte: exame expresso

domingo, 18 de novembro de 2012

Freguesia de Codessoso!

Codessoso está a viver o fenómeno da desertificação!

Por muito que nos custe admitir, a freguesia de Codessoso está a viver o fenómeno da desertificação que tem afetado interior do país. A causa está relacionada com a falta de trabalho e oportunidades de emprego que tem afetado a região, que não consegue fixar a juventude nas terras de origem. Há uns anos atrás existiam 4 cafés na freguesia, café do Daniel, Fernando, Titanic e o Café de cima (Lurdes), e o negócio dava para todos sobreviverem, porque era frequentado diariamente pela juventude que se juntada para conviver.

Hoje a realidade é outra, só existem dois cafés; o do Daniel e o do Fernando os quais vão sobrevivendo com muito custo, porque o volume do negócio já não é o que era.

Quem chega a Codessoso, num fim-de-semana, vê duas ou três pessoas em cada café, algumas das quais de meia-idade e outros de idade avançada. Isto revela bem que a juventude vai saindo lentamente da freguesia para trabalhar e estudar, e não regressam mais à terra, o que vai inevitavelmente envelhecendo a população local.

Nos últimos anos temos assistido ao fenómeno da emigração, especialmente para França e Luxemburgo, que mercê da crise económica que assola o país, tem justificado esta opção de vida dos mais jovens. Nem o período de férias inverte este estado de coisas, pois apesar do polo de atração das Piscinas de Fiães, se verifica o regresso dos filhos da terra que muitas vezes optam por outros destinos de férias, o que vai contribuindo para o afastamento e contacto da terra.

Esperamos que o arranque da construção da Barragem de Fridão, Amarante, venha criar novas oportunidades de trabalho para que a população local consiga emprego na freguesia.

Imagens que reforçam o fenómeno da desertificação ou despovoamento da freguesia!

















quinta-feira, 15 de novembro de 2012

Sinal +



A União Europeu deu mais um passo na defesa da igualdade, ao propor uma quota de 40 % de mulheres nos Conselho de Administração em empresas cotadas na bolsa até 2020.

Esta medida legislativa, vai acabar de vez com o preconceito que impedia as mulheres de chegar ao topo da carreira ou lugares de chefia nas empresas. Não fica prevista sanção para as empresas incumpridoras, mas a UE apela aos Estados membros para implementarem medidas fortes e dissuasoras para que esta medida seja cumprida.

Desta proposta, apenas ficam fora as pequenas e médias empresas!

quarta-feira, 14 de novembro de 2012

Greves!






As greves continuam em catadupa!

As Confederações dos Sindicatos continuam a marcar greves de forma irresponsável, pondo em risco o funcionamento das empresas públicas que somam milhões de euros de prejuízo por ano, com é o caso aos transportes públicos (Refer, CP, TAP, Metro, STCP) e função pública em geral, o que ainda agrava mais a situação económica das empresas e do próprio país.

Vivemos num regime democrático e é legitimo o exercício do direito à greve, mas deve ser exercido de forma responsável, para não privar as empresas das suas receitas, nem o uso dos bens e serviços pelo cidadão que não tem culpa da situação, e se vêem impedidos de usar os transportes públicos apesar de já terem pagos os passes.

Será que estes grevistas são os trabalhadores que vivem com mais dificuldades no país?

O problema é que não se vê as empregadas domésticas, trabalhadores da construção civil, restauração e agricultores em greve, será que estes portugueses não vivem com dificuldades ou será por temer o seu despedimento e não arriscam reivindicar melhores regalias e condições de trabalho!

Se querem fazer protestos que o façam aos fins-de-semana para não empobrecer ainda mais as empresas e o país!

sexta-feira, 9 de novembro de 2012

Desfolhada!


A tradicional desfolhada é mais um dos trabalhos agrícolas que se está a perder no tempo, porque estão a desaparecer os agricultores e as terras estão a ficar abandonadas e de “velho” conforme de costuma dizer na aldeia. 

Nesta época do ano, já com as espigas maduras nos campos, os agricultores separavam-nas das canas do milho para cestos de madeira e transportavam-nas em carros de bois onde eram colocadas num monte no centro da eira.


À noite as pessoas juntavam-se à volta do amontoado de espigas e faziam a desfolhada acompanhada dos tradicionais cantares, o que atraia muitos jovens que ali se deslocavam na ânsia de encontrar uma espiga de milho rei (espiga vermelha) para poder dar um beijo ou abraço nas raparigas e inclusivamente para arranjar namorada.

A desfolhada terminava sempre em festa, com a merenda ao som das concertinas, violas e cavaquinhos e de um baile que durava até largas horas da noite.


segunda-feira, 5 de novembro de 2012

Recorte - comunicação social!



Cada português deve 20 mil euros!

Dívida pública cresceu 20 vezes desde 1974. 

Em 1974 a dívida pública equivalia a cerca de 14% do Produto Interno Bruto (PIB), isto é, da riqueza gerada no ano do 25 de abril. Hoje, equivale a perto de 120% do PIB.

Segundo os cálculos feitos para o Jornal de Notícias, por Pedro Cosme Costa Vieira, professor da Faculdade de Economia do Porto, a dívida de então era de 10 mil milhões a preços de 2012. Sem esta actualização, que torna mais comparável o endividamento do Estado ao longo do tempo, aquele indicador seria, há 40 anos, de 304 milhões de euros.

A comparação a preços constantes permite concluir que a dívida pública se multiplicou por 20. Passou de 10 mil milhões para 203,7 mil milhões. Com base numa população de exactamente 10 milhões, é como se cada português devesse 20 mil euros agora e apenas mil euros em 1974.  in económico

***

Pergunta legítima dos portugueses!

Mas afinal para onde foi o dinheiro?

quinta-feira, 25 de outubro de 2012

O pequeno viticultor!


O pequeno viticultor está a acabar em Codessoso. Estes produtores em breve, darão lugar a grandes explorações de vinho, com novas vinhas, plantações, castas e métodos de produção.

Quem visita a nossa freguesia já se apercebeu da nova paisagem, que se apresenta decorada com novas plantações que obedecem a novos processos e em breve darão os seus frutos.

O antigo produtor que colhe, rala e pisa as uvas nos antigos lagares, que usa a prensa para espremer o mosto, que usa as tradicionais pipas ou toneis em madeira para armazenar o vinho está em vias de extinção, o que já era previsível com a criação e venda das uvas para as Adegas Cooperativas de Celorico de Basto e Amarante.

Estas imagens em breve pertencerão ao passado!









sexta-feira, 19 de outubro de 2012

Notícia chocante!



Menina de 5 anos impedida de comer na Escola por dívidas dos país que não pagaram a mensalidade de € 30,00.

Como é possível isto acontecer!

É uma notícia trágica de uma sociedade carente de valores e sem dignidade humana, na qual as crianças são as principais vitimas.

Onde estão as entidades competentes da região que possam acudir a esta situação, refiro-me à Junta de Freguesia, Pelouro de Acção Social da Câmara Municipal e Segurança Social para a avaliar a real situação da família ou as suas condições económicas e sociais.

É dever da sociedade civil despertar para estas situações e denuncia-las a quem de direito!


terça-feira, 9 de outubro de 2012

O hastear da Bandeira de Portugal!

Não se entende o incidente ocorrido ao hastear da Bandeira de Portugal, nas comemorações do 5 de Outubro, não pelo ato em si, mas pelo problema levantado pelo Presidente da Câmara de Lisboa António Costa ao pedir desculpa a Cavaco. 

Se esta questão não fosse suscitada, ninguém dava por ela, pois tratou-se de uma cerimónia privada onde participaram os amigos do costume, com mais seguranças que convidados, sem qualquer significado para os portugueses, que decorreu bem longe do público para não ser inconveniente.

O Discurso de Cavado foi direccionado para o “regresso às aulas” sem conteúdo digno de registo, aliás já nos habituou a nada dizer; se não fosse aquela Sra. que entrou no local a furar a segurança e a reclamar que vivia com 200 e tal euros por mês, não se ouvia uma palavra sobre a economia do país. Já começa a ser incómodo ou aborrecido para os políticos as sucessivas contestações, daí foi escolhido um lugar seguro e diferente para celebrar as comemorações do último feriado 5 de Outubro.

Quando os políticos têm receio de aparecer em público e de enfrentar as populações, nada é surpreendente mesmo com a bandeira virada ao contrário!

Ética!


O Conselho Nacional de Ética para as Ciências da Vida defendeu no seu parecer que o Ministério da Saúde “pode e deve racionar” o acesso a tratamentos mais caros para pessoas com cancro, sida e doenças reumáticas.

Mais uma vez os interesses económicos a prevalecerem sobre os valores da vida e dignidade humana, tentando coarctar às pessoas doentes a possibilidade de terem um final de vida condigno e com qualidade.

Este parecer não será uma forma encapotada de eutanásia económica?

Como é possível haver pessoas que dispõem da vida de outros por razões de poupança, ao racionar o acesso a tratamentos mais caros para pessoas com doenças crónicas como cancro, sida e doenças reumáticas.

Já agora fiquei confuso, alguém me sabe dizer o que é a ética?

domingo, 7 de outubro de 2012

Lar de Idosos de Codessoso



O Lar de Idosos de Codessoso já entrou em funcionamento.

Este equipamento social que é gerido pela Associação de Solidariedade de Santo André de Codessoso, situa-se junto à Igreja Paroquial e tem uma área de 3396 m2, o que constitui uma mais-valia para o concelho de Celorico de Basto, na medida em que veio melhorar os cuidados sociais dos cidadãos.

A Centro social dispõe de uma série de serviços de que poderá beneficiar a população da freguesia, nos quais se incluem o apoio domiciliário aos idosos, um centro de noite para idosos e um espaço para atividades recreativas para o apoio às crianças. 





sábado, 6 de outubro de 2012

Alminhas!

As Alminhas são padrões de culto aos mortos, hoje consideradas património artístico-religioso. São pequenos altares onde se pára um momento para deixar uma oração. É frequente encontrar velas e lamparina acesas, deixadas pelas pessoas que passam no local, ou mesmo oferendas de flores.

Geralmente, as alminhas são erguidas em encruzilhadas de caminhos, quase sempre em caminhos rurais, em matas ou perto de cursos de água, embora também se possa encontrar alminhas junto às estradas nacionais. As alminhas também podem ser incrustadas em velhos muros ou na frontaria de casas e podem ser construídas nos mais diversos materiais. in Wikipédia








Imagens de alminhas  Codessoso

quarta-feira, 3 de outubro de 2012

Mais do mesmo!



O Governo de Passos Coelho inaugurou uma nova forma de comunicação ao país. Em vez de explicar bem a situação económica em que estamos mergulhados, só fala aos portugueses para anunciar mais taxas, mais impostos e mais medidas de austeridade, sem que se perceba bem o seu propósito.

Portugal já é um dos país na Europa com mais desigualdades sociais no que se refere à distribuição da riqueza, mas com as medidas hoje anunciadas pelo Ministro das Finanças Vítor Gaspar, de uma vez por todas, vai acabar com a classe média e vai ficar de um lado, os ricos e intocáveis e do outro lado os pobres miseráveis a passar fome.

quinta-feira, 27 de setembro de 2012

Lagar de Azeite de Codessoso


Este é o edífico do antigo Lagar de Azeite de Codessoso. Durante décadas esta pequena indústria de produção de azeite, deu trabalho a muitas pessoas da freguesia. A ceifa da apanha da azeitona e a transformação do azeite durava cerca de três meses e recebia a azeitona de produtores de Codessoso e das freguesias dos concelhos limítrofes.


‑Este trabalho temporário era uma grande ajuda para a economia local, onde as pessoas aproveitavam este rendimento sazonal para reequilibrar as contas doméstica e aforrar algum dinheiro, numa terra sem grandes oportunidades de emprego onde predominava a actividade agrícola.


A pouca produtividade e o abandono das terras em busca de melhores condições de vida, e o custo elevado da mão-de-obra da exploração agrícola, acabaram por contribuir decisivamente para que as pessoas deixassem de apanhar a azeitona, o que conduziu inevitavelmente ao encerramento desta indústria que tanto dinheiro dava a ganhar às pessoas na época do Inverno.­


Por respeito às pessoas que ali trabalharam, algumas delas já não estão entre nós, seria útil que as entidades locais tomassem as devidas previdências de forma a impedir que a degradação elimine por completo a nossa memória!

domingo, 23 de setembro de 2012

Sonhos desfeitos!

No início tudo corre sobre rodas. É a curte característica dos namorados apaixonados, recheada pelos abraços e beijinhos. Idealizam-se projetos de vida comuns, constituição de família e decidem casar! Depois frustram-se os sonhos e começam as desavenças e discussões entre o casal, que culmina com o divórcio.


Início da relação:



Fim da relação:


sexta-feira, 21 de setembro de 2012

Deu que falar!



A escritora Maria Teresa Horta, distinguida com o Prémio D. Dinis pelo romance “As Luzes de Leonor”, já informou a comunicação social que se recusa a receber o prémio das mãos do primeiro-ministro Passos Coelho, numa cerimónia que estava agendada para o próximo dia 28 de Setembro.
O curioso é que este prémio é sempre entregue pelo Presidente da República, mas desta vez coube ao Primeiro-ministro, sem haver uma explicação lógica para a troca de personalidades!

Acrescentou ainda:

“Na realidade eu não poderia, com coerência, ficar bem comigo mesma, receber um prémio literário que me honra tanto, cujo júri é formado por poetas, os meus pares mais próximos - pois sou sobretudo uma poetisa, e que me honra imenso -, ir receber esse prémio das mãos de uma pessoa que está empenhada em destruir o nosso país”, explicou Maria Teresa Horta à Lusa.

“Sempre fui uma mulher coerente; as minhas ideias e aquilo que eu faço têm uma coerência”, salientou a escritora que acrescentou: “Sou uma mulher de esquerda, sempre fui, sempre lutei pela liberdade e pelos direitos dos trabalhadores”.

“O primeiro-ministro está determinado a destruir tudo aquilo que conquistámos com o 25 de Abril de 1974 e as grandes vítimas têm sido até agora os trabalhadores, os assalariados, a juventude que ele manda emigrar calmamente, como se isso fosse natural”.

“O país está a entrar em níveis de pobreza quase idênticos aos das décadas de 1940 e 1950 e, na realidade, é ele [Passos Coelho], e o seu Governo, os grandes mentores e executores de tudo isto”. In público.

Portugal está carente de mentes lúcidas como a da escritora Maria Teresa Horta!

segunda-feira, 17 de setembro de 2012

Basta!

As recentes medidas de austeridade anunciadas pelo Governo, acabaram por ultimar definitivamente o divórcio dos portugueses com Passos Coelho, conforme o justifica os milhares e milhares de pessoas que saíram a rua para dizer basta! 

O problema é que a alteração da TSU, que já fora sobejamente esmiuçada pela comunicação social portuguesa, não tem qualquer utilidade para o país, porque não vai ter influência direta no combate à dívida pública portuguesa. 

 Os próprios parceiros sociais reconhecem que não é justo aliviar os encargos das empresas, com o corte na taxa social única para onerar os trabalhadores para os 18%, pois não vai ter qualquer impacto na economia portuguesa, não vai servir para combater o desemprego, nem aumentar as exportações. 

Vai ser uma medida desastrosa, porque vai diminuindo o poder de compra dos portugueses, e as empresas vão continuar a produzir se não há quem compre os seus bens! 

A alteração da TSU, acaba por ser medida injusta, porque se trata de um imposto e não uma taxa como se fala, por não vai haver uma contrapartida direta ou beneficio para os contribuintes, e que os vai prejudicar no seu rendimento do trabalho. 

É mais uma medida neoliberal que vai ter como objetivo principal beneficiar os grandes interesses económicos, que assim vão poder amealhar mais uns milhões para distribuir os seus dividendos pelos acionistas, para fugirem com o capital para os estrangeiro ou para paraísos fiscais!

As famosas PPP!


O que são e como funcionam as Parcerias Público-privadas em Portugal?

Quem beneficia delas e com elas?

Quais os encargos que estas representam param as próximas gerações?


quarta-feira, 12 de setembro de 2012

Vera Fischer



Vera Fischer morre aos 60 anos!

Com ela desaparece uma diva brasileira. Durante décadas através das novelas e filmes, habituamo-nos a admirar as suas qualidades profissionais como actriz e os seus atributos físicos, pois era um dos rostos mais bonitos do Brasil.
Esta loira deslumbrante, participou em vários concursos de beleza tendo sido eleita Miss Brasil e foi capa da Revista Playboy em 1982 e 2000.
Segundo a imprensa brasileira, a actriz morre de overdose depois de ter estado internada numa Clínica de reabilitação para dependentes químicos, uma vez que não se conseguia libertar da dependência das drogas.
Uma estrela que vai permanecer na nossa memória durante muitos e longos anos!


terça-feira, 11 de setembro de 2012

Austeridade!



A Troika tem servido como justificação ao Governo de Passos Coelho para esta escalada de ataques aos direitos dos mais desfavorecidos, que são os trabalhadores que vivem do rendimento do seu trabalho. Estas medidas de austeridade são dignas de um regime neoliberal, porque deixam de fora a tributação dos mais ricos e das grandes fortunas.

Este discurso tem de ser lido com rigor, porque a Troika está a impor medidas de um memorando que foram negociadas pelos partidos políticos.

Foi estabelecida uma meta orçamental para o ano de 2012 no 4.5%do défice, que não vai ser atingida, porque a receita do aumento dos impostos com particular incidência do IVA, ficou muito aquém da previsão da receita do Estado.

Os impostos são uma espécie de rábula da “galinha dos ovos de ouro” na qual o dono queria ficar rico depressa e para ter os ovos de uma só vez mata a galinha, mas enganou-se não haviam ovos no seu interior!

Acontece o mesmo com este Governo, na falta de imaginação ou para não beliscar nos interesses instalados, lançasse-se mão do aumento dos imposto, e ai está o resultado perverso, o fisco recebeu menos de receitas que as estimativas previstas, com a agravante de provocar mais insolvências, desemprego e aumento da dívida da Segurança Social com a atribuição de subsídio de desemprego.

Por este andar vamos regredir ao tempo da outra senhora, onde se trabalhava muito e se passava fome, neste momento já há mais de um milhão de portugueses que vivem no limiar da pobreza.

quarta-feira, 5 de setembro de 2012

Regresso às aulas!


Os alunos preparam-se para regressar às aulas. O que significa mais uma “dor de cabeça” para as famílias portuguesas que têm de despender em média por cada aluno € 300,00 para o material escolar e livros. O que é um problema na actual conjuntura económica!

As Livrarias queixam-se do negócio, porque as pessoas estão a encomendar os livros pela internet para obter maiores descontos, o que os impede de vender os livros e ganhar algum dinheiro.

Há países na Europa onde os livros são gratuitos. Por exemplo na Alemanha, existe a reutilização dos livros escolares, o que permite que os livros possam ser usados durante alguns anos e serem adquiridos pelas famílias a preços mais convidativos ou mesmo oferecidos.

Mas isto é na Alemanha!

Em Portugal como vivemos acima das nossas possibilidades e queremos ser diferentes, compramos todos os anos livros novos ou se o aluno tiver a infelicidade de reprovar os livros também já não serem.

Enquanto o Governo andar subordinado aos grandes interesses económicos das Editoras, esta politica do “faz de conta” vai continuar, apesar das famílias portuguesas viverem num sufoco de falta de dinheiro para suportar as despesas escolares dos seus filhos!

sexta-feira, 31 de agosto de 2012

Sorteio da Liga dos Campeões de 2012/13

Sorteio da liga dos campeões europeus de 2012/13.

Quadro completo dos vários grupos, dos quais fazem parte as equipas portuguesas do Benfica, FC Porto e Braga. 

Esperam-se como sempre grandes jogos de futebol!


quinta-feira, 30 de agosto de 2012

Freguesia de Codessoso!

Nos últimos anos a freguesia de Codessoso tem sido poupada ao flagelo dos incêndios que um pouco por todo o país tem desgraçado o nosso património florestal, com inevitáveis consequências para a economia portuguesa.

Os sucessivos Governos continuam a adiar a implementação de uma politica florestal, no que tange à administração e gestão dos terrenos florestais que continuam abandonados pelos seus proprietários, com os inerentes encargos para os contribuintes portugueses que gastam todos os anos milhões de euros no combate aos incêndios.

Até ao momento Codessoso não tem tido fogos, mas trata-se apenas de uma mera coincidência, uma vez que os últimos incêndios registados na nossa terra já foram à cerca de 5 anos, mas como a vegetação (mato com vários metros) cresce a seu bel-prazer não tarda muito tempo a voltar-mos a ser fustigados pelo inimigo número um da floresta portuguesa.

E assim vai o mundo!

Depois de terem sido divulgadas as fotos do Príncipe Harry nu, várias pessoas na Inglaterra solidarizaram-se com o membro da casa real com a publicação de fotos com a saudação do nu. 

Em sinal de apoio criaram um grupo no ´Facebook` com o nome ´Support Prince Harry with a naked salute` (em português, ´Apoia o Príncipe Harry com uma saudação nu`). 

Notícia ridícula alimentada pela impressa cor-de-rosa!

sexta-feira, 24 de agosto de 2012

Aterro de Codessoso


As pessoas da freguesia de Codessoso queixam-se do mau cheiro libertado pelo Aterro Sanitário da Resinorte do Baixo Tâmega, que nos últimos tempos não lhes têm dado descanso. Há dias em que os moradores que residem nas imediações, têm de cancelar convívios com familiares e amigos em plena época de férias devido ao insuportável cheiro nauseabundo.

Esta situação tem impedido os moradores de gozar do seu descanso e bem-estar, especialmente à noite, pois não tem forma de impedir o mau cheiro que até provoca vómitos e náuseas, receando que esta poluição ambiental lhes possa trazer graves problemas de saúde.

A isto ainda cresce o facto, do Aterro se situar junto ao Parque de Lazer de Fiães e Piscina de Codessoso, que é frequentada diariamente por dezenas de pessoas que ali se deslocam em férias e época balnear, que também sentem o mesmo problema.

Segundo foi possível apurar, esta situação já foi denunciada por diversas vezes aos legais representantes do Aterro, mas continua por solucionar ou sem resposta, temendo-se que esteja em causa um grave problema de saúde pública que urge resolver.

A permanecer este problema, os moradores estão a estudar outras formas de luta, que pode passar por assinarem uma petição pública ou participar a situação junto do Ministério do Ambiente ou denunciar publicamente o problema na comunicação social.

Agricultura abandonada!

Longe vai o tempo em que arranjar um “palmo de terreno” para cultivar era um problema. Toda a gente se dedicava ao sector primário com principal incidência na agricultura, o que levava à escassez de terrenos de cultivo devido à elevada procura de terras.

O agricultor para conseguir uma quinta mais produtiva ou de maior dimensão; onde pudesse obter mais rendimento e ocupar os seus filhos até à idade de adultos, tinha de andar com empenhos, nomeadamente promessas de pagamento de rendas grandes ao senhorio ou usar de influências de terceiros.

Era uma espécie de “três cães a um osso”, com o se dizia na gíria nas aldeias, não chegavam para as encomendas. Não havia terra abandonada, de velho ou por fabricar como hoje se encontra um pouco por todo o lado.

A terra dava pouco rendimento, o que elevou as pessoas a fugirem da agricultura e a dedicarem-se a outras atividades mais produtivas, como a construção civil e emigração.

Hoje vivemos uma crise económica sem precedentes, com a taxa de desemprego a bater recordes e sem oportunidades de emprego, apesar de haver mão-de-obra muito classificada especialmente nos jovens licenciados, mas não se vê ninguém a cultivar as terras.

Será que vamos assistir a um regresso das pessoas à agricultura ou a mais um fenómeno de emigração?