segunda-feira, 30 de maio de 2011

Jogo de Preparação para Liga Futsal 2011.

29 de Maio 2011, 21 horas.
Polidesportivo de Fiães - Codessoso

GD Codessoso 6 “Os Golfinhos” 4

GD Codessoso: Tó Quim, Miguel Ângelo (2), Miguel Pires (2), Xavier, Fredo, Diogo Machado, Marco Machado (1), André Celorico (1), Zé Ibrahimovic.
Treinador: Paulo Lopes.

Árbitro: Miguel Ângelo.

Intervalo: 3 – 2

Bom treino em jogo aguerrido…

  Bom treino para as duas equipas, com algumas baixas de parte a parte, estudo mútuo nos primeiros 10 minutos de jogo, formação visitante com menor índice técnico, utilizou a força como principal arma, a equipa da casa chegou ao golo da vantagem aos 14 minutos, e aos vinte já vencia por (3-0), algumas mexidas na equipa e alguma desconcentração permitiram ao adversário reduzir para a vantagem mínima (3-2), mesmo em cima do intervalo. O GDC fez uma primeira parte agradável e só pecou no capítulo da finalização,

  Na 2ª parte a equipa do GDC entrou forte e dilatou a vantagem para (4-2), logo aos 3 minutos, depois assistiu-se a um período sem golos mas com oportunidades perdidas de ambos os lados, sinal mais para o GDC que continuou algo perdulário. Aos 18 minutos a formação visitante reduziu para (4-3), mas nos últimos 10 minutos foi reposta uma certa justiça no marcador, tendo a equipa da casa chegado ao (6-3), resultado que espelhava melhor a sua superioridade, mas no ultimo minuto “ Os Golfinhos” ainda reduziram para (6-4), resultado final. Foi um óptimo jogo de preparação para o GDC contra uma equipa aguerrida e com uma boa preparação física e que vai dar que falar na segunda divisão. Estreia em grande de Zé e André, dois miúdos que parecem adultos na sua abordagem ao jogo, pôde-se ainda conjugar a utilização de todos os atletas em tempo repartido e começar já com uma vitória, para criar bons hábitos.

domingo, 29 de maio de 2011

Zé Carvalho no GD Codessoso.

Zé Carvalho, mais conhecido no mundo futebolístico por Zé Ibrahimovic , jovem e promissor jogador do Celoricense, natural e residente em Codessoso, é uma das apostas do GDC na Liga de Futsal 2011. Com apenas 15 anos de idade, possui uma maturidade e forma de jogar impressionante, ágil, rápido, inteligente, disciplinado, aguerrido e humilde . Juntando ainda a todos estes atributos, uma vontade enorme de vencer.
Será com certeza uma mais-valia para a equipa do Grupo Desportivo de Codessoso, e para o atleta que vai poder privar e jogar com colegas mais experientes.

segunda-feira, 23 de maio de 2011

Carlos Leite Reforça GD Codessoso.

Carlos Leite, irmão de Paulo Leite e um exemplo de longevidade, ainda este semana se sagrou campeão da serie A da 3ª Divisão Nacional de Futsal, foi o treinador do GDC o ano transacto e este ano vai acumular as funções de treinador e jogador, tal com o irmão foi varias vezes internacional e vencedor de duas taças de Portugal pela equipa da Fundação Jorge Antunes.

Será com certeza um bom reforço para a equipa do Grupo Desportivo de Codessoso, pela sua experiencia como jogador e treinador, e mais uma solução na tentativa de reconquistar a Liga de Futsal CBT 2011.

domingo, 22 de maio de 2011

Paulo Leite no GD Codessoso.

Paulo Leite vai defender as cores do GDC e será um dos jogadores com qualidade que irá dar que falar na Liga de Futsal 2011, Atleta experiente foi várias vezes internacional e vencedor de duas taças de Portugal pela equipa da Fundação Jorge Antunes, equipa aonde joga e é Capitão, disputa nesta fase os Play off do Campeonato Nacional de Futsal da 1ª Divisão contra o Benfica, tendo vencido inclusive o primeiro jogo por 3-1 na qualidade de visitado, Paulo Leite marcou o primeiro golo, fez a assistência para o segundo e foi um dos melhores jogadores em campo.


Será com certeza uma mais-valia para a equipa do Grupo Desportivo de Codessoso, na tentativa de vencer novamente o titulo e a taça como fez em 2009.

sexta-feira, 20 de maio de 2011

Diga de sua Justiça!


A Liga Portuguesa de futebol da primeira divisão, terminou com mais uma vitória do Futebol Clube do Porto, com a particularidade de ter terminado o campeonato com 21 pontos de avanço do 2º classificado Benfica e, a 36 pontos do 3º lugar do Sporting. Durante a época passada, o Presidente do FCP Pinto da Costa, teceu duras criticas ao Presidente do Conselho de Arbitragem da Liga de Clubes Vítor Pereira, mas este ano não se verificaram essas críticas, será que a qualidade da arbitragem em Portugal melhorou? 

Mas, esta justificação não tem fundamento, sendo os árbitros os mesmos da época desportiva do ano passado. O que levou a alteração do comportamento deste Dirigente Desportivo? 

Outra curiosidade, é o comportamento de Mourinho, quando treinava no campeonato português nunca se queixava da arbitragem, foi treinar para o estrangeiro (Inglaterra, Itália e Espanha) trava uma luta constante contra a arbitragem e contra os árbitros, que já lhe causaram alguns dissabores com a aplicação de castigos dos órgãos disciplinares.

Já agora, porque motivo os actuais Dirigentes do Futebol português estão tão reticentes à adaptação das novas tecnologias ao futebol, para que haja verdade desportiva no desporto, tal como foi impulsionada pela petição pública levada a cabo pelo jornalista Rui Santos?

quinta-feira, 19 de maio de 2011

Pedalada a Fátima'11



O GDC organizou, pela primeira vez, uma Pedalada a Fátima, que contou com a participação de 20 ciclistas, onde nem a chuva fez parar estes nossos grandes heróis, que merecem todo o mérito a que têm direito, pela grande e tão bonita prova que realizaram, ao percorrerem cerca de 324 Km’s sempre a pedalar, onde puderam vivenciar momentos fantásticos, e puderem desfrutar de belas paisagens.

Esta Pedalada realizou-se em duas Etapas, a primeira no dia 1 de Maio, onde se fizeram 150,98 Km’s entre Codeçoso e Estarreja.

video
A segunda etapa consumou-se no dia 8 de Maio recomeçando, então, em Estarreja e com término em Fátima, onde se percorreram os restantes km’s até esta terra tão bela.
video
 
 
Foram, sem duvida, dois grandes dias de bom convívio, onde reinou a boa camaradagem, o apoio mútuo entre todos os ciclistas, onde se viu que é possível alcançarmos os mais difíceis desafios quando se tem um bom grupo quer de prova, quer de apoio, pois ambos são bastante importantes o primeiro para cada pedalada que damos e que estão sempre ali a par uns dos outros, e o segundo para aquelas pedaladas que já começam a custar mais, mas que tendo aquele apoio com água, ou com um chocolate, ou até mesmo com uma palavra amiga e de apoio, ou ainda um simples sorriso que nos dá força para pedalar mais um bocado, além disso, contamos ainda com a participação e o apoio da gente da nossa Terra que também fez questão de ir em excursão até Fátima no dia 8 para assim poderem, de uma certa forma, apoiar e assistir a um momento simplesmente espectacular que foi a chegada a Fátima destes nossos Peregrinos que pedalaram com um único objectivo, chegarem a Fátima com toda a força e devoção.


Fica aqui, da parte da Direcção do GDC, um muito obrigado a todos os ciclistas pela participação e pela brilhante prova conseguida, a todos os quantos fizeram parte do apoio, que foram incansáveis e fizeram um trabalho excepcional e bastante importante para os que iam a pedalar, a todos aqueles que em excursão também acompanhou o GDC nesta viagem até Fátima, e ainda ao Município de Celorico de Basto pelo apoio e pela disponibilidade, que se verificou bastante importante para a realização desta prova.



Os Heróis:
- Toni
- Pedro
- Diogo
- Sílvia
- Miguel Jorge
- Chico
- Hernani
- Fernando Domingues
- Paulo
- Rui
- Domingos
- Ana Maria
- Quim Zé
- Vitor Alves
- Zé
- Bino
- Artur (o nosso Gamito)
- Nuno
- Luís
- Marco


O apoio:
- Carla
- Fernandino
- Albino
- Jorge
- José Carvalho

sábado, 14 de maio de 2011

O TGV


Com a crise económica que está a devastar o nosso país, o projecto do TGV entre Poceirão-Caia é para avançar, segundo o programa eleitoral de José Sócrates. O argumento que é apresentado para defender esta ideia, está no facto de Portugal não perder os fundos comunitários para o financiamento do projecto, que tem um custo de construção de mais de 900 milhões de euros. Defendendo ainda, que o investimento terá parcerias públicas/privadas e, que é um factor estratégico para o desenvolvimento económico do país, porque Portugal tem que ficar ligado a uma rede europeia de alta velocidade.

O problema não vai ser a construção do projecto do TGV, mas a sua manutenção, dado que há estudos que revelam que este transporte ferroviário para ser viável tem de ser utilizado diariamente por vários milhões de passageiros, o que à partida não é previsível.

Perante este cenário, os portugueses colocam esta pergunta, se o país está de tanga, sem dinheiro para pagar salários aos seus funcionários, onde vão buscar o dinheiro para este financiamento?


Em bom português!

Toda a gente ficou a perceber...

segunda-feira, 9 de maio de 2011

A concertina portuguesa!

A tradição ainda é o que era!

As memórias dos portugueses servem para manter bem vivas as suas tradições populares. A concertina é um instrumento musical, com muita tradição na zona do Minho. Servia de encontro e diversão às pessoas no final de uma dura jornada de trabalho no campo. As danças e cantares, eram uma forma de afagar as mágoas, tristezas e recuperar energias de uma vida rural difícil. Servia também para aproximar socialmente as pessoas pelo convívio que lhe proporcionava, em tempos onde não abundavam tantas formas de ocupação de tempos livres, com nos tempos de hoje.

Temia-se que o tempo absorvesse estas tradições populares tão características dos portugueses, mas felizmente para Portugal estas tradições têm sobrevivido aos novos tempos, transmitindo-se ao longo de gerações!

Ver mais…

sábado, 7 de maio de 2011

A politica em Portugal!

Tribunal Constitucional "chumba" revogação da avaliação dos professores.

A Assembleia da República decretou a suspensão do sistema de avaliação dos professores, que estava em curso no ano lectivo e que tinha sido aprovada por este Governo. Mas, o Presidente da República teve dúvidas quanto à legalidade e decidiu requerer ao Tribunal Constitucional que avaliasse a constitucionalidade do Decreto. Os Juízes Conselheiros pronunciaram-se no sentido da inconstitucionalidade de tais normas, com fundamento na violação do princípio da separação e interdependência dos órgãos de soberania, consagrado no n.º 1 do artigo 111.º da Constituição da República Portuguesa com referência às alíneas c, d e e do artigo 199, todos da Constituição da República", conforme foi tornado público pelo Juiz Conselheiro Vítor Gomes, relator do acórdão.

Sem querer pronunciar-me sobre o debate desta questão, que é extremamente delicada para os professores e para o Ministério da Educação; sem direi que esta situação só vem reforçar a ideia que o cidadão tem da politica portuguesa, um faz e o outro logo a seguir desfaz, ou seja, o politico tem necessidade de demonstrar trabalho para a opinião pública e quando não há ideias, chega-se a situações ridículas como esta.

Um modelo de avaliação que já estava em curso, com grande esforço dos seus intervenientes e aliás, elogiado pelas instâncias europeias, pelo facto do Governo português ter tido a coragem de implementar um sistema tão exigente, e de um momento para o outro, decide-se suspende-lo e está o assunto resolvido! 

Por acaso, haverá algum trabalhador no sector privado que não seja diariamente avaliado pela sua entidade patronal, que lhe exige produtividade, pontualidade, dedicação e empenho?

Há tanta coisa que preocupa os portugueses, que estão mergulhados num pântano de incertezas, sem emprego, sem dinheiro para suportar as despesas do dia-a-dia, sem politicas de protecção aos mais desfavorecidos, sem futuro!

segunda-feira, 2 de maio de 2011

Foto do momento

Descubra o enigma!


Curiosidades

Dedicação musical traz benefícios em idade avançada

Estudo mostra que actividade forma protecção natural contra perdas cognitivas

2011-04-26
Mente de músicos continua afiada em idade avançada.
Mente de músicos continua afiada em idade avançada.



As muitas horas dedicadas à aprendizagem da música trazem benefícios a longo prazo, segundo mostrou um estudo publicado no jornal «Neuropsychology», da Associação Americana de Psicologia.

A investigação indica que aqueles que tocaram instrumentos musicais durante anos a fio parecem formar uma protecção natural contra perdas cognitivas, que costumam ocorrer durante a terceira idade.
Mesmo que essas pessoas tivessem parado em determinado momento das suas vidas, a mente continua a mostrar-se afiada em idade avançada, quando comparada com os que nunca aprenderam música.

Um grupo, formado por 70 músicos com idade entre 60 e 83 anos, submeteu-se a variados testes de memória e habilidade e os resultados mostraram que quem tocou música durante pelo menos uma década apresentava melhor desempenho e benefícios cognitivos. Ou seja, quanto mais as pessoas tocam, mais benefícios terão no futuro.

O piano foi o instrumento mais popular entre os músicos, seguido dos instrumentos de sopro. Todos os voluntários eram amadores e tinham em comum o facto de terem iniciado aulas de música por volta dos dez anos.

O estudo também considerou a preparação física e o nível educacional dos participantes. Os investigadores descobriram ainda que existia uma relação entre a capacidade cognitiva e os anos de actividade musical, para além de consideraram o facto de os voluntários continuarem ou não envolvidos com música.

A descoberta mostra que o funcionamento cerebral pode ser alterado e a música pode ser um assunto para considerações futuras porque envolve uma combinação de capacidades motoras, leitura, audição e acções repetitivas.

in ciência hoje