terça-feira, 26 de dezembro de 2017

Presépio na freguesia de Molares


Para quem ainda não teve a oportunidade de visitar o Presépio na freguesia de Molares em Celorico de Basco, deixa-mos aqui uma sugestão de visita.

Aproveitamos a oportunidade para deixar um agradecimento aos seus organizadores, pelo momento que proporcionam aos seus visitantes, que para além de ser alusivo à época natalícia, representa ainda os usos e costumes das nossas gentes.







segunda-feira, 16 de outubro de 2017

Incêndios em Portugal - 2017

Já vai em 29 mortos, as vítimas da tragédia dos incêndios que grassam nas nossas florestas todos os anos, um pouco por todo o país. Nesta época do Verão de 2017, os incêndios não param, e com as temperaturas altas que ainda se fazem sentir em pleno mês de Outubro, a situação vai continuar, enquanto houver mato e pinhal para queimar.

Toda a gente tem consciência dos problemas que estão por detrás deste fenómeno; falta de limpeza da floresta pelos proprietários, falta de limpeza das bermas das estradas pelas respectivas entidades que asseguram a manutenção as vias, o desleixo na falta de limpeza nas zonas envolventes das habitações. A estas razões, somam-se os interesses económicos das empresas de combate ao fogos, empresas que compram a madeira queimada por dois tostões, que continua a ter utilidade no caso de abate das arvores logo a seguir aos incêndios, e muitas outras razões que se poderiam enunciar.

A maioria dos incêndios têm origem criminosa, ninguém divide disso, porque é impossível existir num país tão pequeno mais de 200 incêndios ativos à mesma hora, e só nos dias de maior calor para que os fogos devastem mais área. Querem queimar tudo o que resta do nosso património natural, com consequências gravíssimas para a economia nacional.


É preciso agir rapidamente, apesar de ser tarde demais. Se necessário, convocar equipas multidisciplinares, técnicos florestais, protecção civil, bombeiros, envolver as universidades, Juntas de Freguesias, Municípios, Organismos Intermunicipais, Ministério da Agricultura e o próprio Governo, para trabalhar em conjunto e avançar com a reforma da floresta, implementar medidas concretas e eficazes para parar com esta tragédia.

Freguesia de Codessoso - Outubro de 2017

Há oito dias atrás, em pleno dia de domingo, este era o cenário da freguesia de Codessoso, com o céu cinzento de fumo, por causa do incêndio que lavrava na zona meia via, e área envolvente do campo de tiro RTA e Aterro de Codessoso.


Pensou-se que os incêndios tinham poupado a nossa freguesia, por estarmos já no mês de Outubro, mas o que é certo, é que as temperaturas altas motivaram ocorrências de fogos que lavram um pouco por toda a região.

Incêndio em Codessoso.





sábado, 2 de setembro de 2017

RTA em Codessoso



Com é do conhecimento público, a inauguração do Campo de Tiro denominado de RTA em Codessoso, decorreu com toda a “pompa e circunstância”, com a presença de várias personalidades e Ministros de Governo. 



Como tinha boas instalações, organizaram-se no local muitos inventos, desde torneios de tiro aos pratos, jantares de empresas e natal, reuniões de trabalho e até almoços de casamento. 



Bem situado, o  RTA originou a criação de alguns postos de trabalho, o que era muito bom para a economia local, porque empregava algumas pessoas de Codessoso. 





Com a passagem do tempo, foi perdendo interesse e atividade, caindo no esquecimento e abandono, sem que se saiba ao certo, o que originou esta situação. É com muita tristeza, que hoje vimos as instalações do RTA, que mais parece uma “cidade fantasma” sem portas e janelas, com o edifício em ruínas 




Resta-nos aguardar por um futuro melhor!

segunda-feira, 28 de agosto de 2017

Já se vindima em Codessoso!

Já se vindima em Codessoso!

Qualquer ano as vindimas decorrem entre o final do final do mês de Setembro e Outubro. Este ano, com o calor que se tem sentido em Portugal, o prazo de maturação das uvas foi antecipado algumas semanas.


Tudo isto é muito estranho, quando ainda estamos em plena época balnear, com as pessoas em férias e a procurar as praias e piscinas, para descansar de umas férias merecidas de um longo ano de trabalho, e já há vinho doce na freguesia.
As videiras estão carregadas de uvas, o que perspetiva um ano bom de vinho e de boa qualidade, que é muito bom para a economia local.


Normalmente era no São Gens em Amarante, no dia 8 de Setembro que se provava o primeiro vinho doce do ano, mas este ano tudo foi antecipado umas semanas.

quarta-feira, 23 de agosto de 2017

Informação útil


A partir de 23 de Agosto passa a ser proibido a um residente em Portugal fazer pagamentos em dinheiro vivo num valor igual ou superior a três mil euros, ficando sujeito a uma multa que vai dos 180 a 4500 euros.

A proposta de Lei prevê algumas excepções a este montante, nomeadamente para estrangeiros, que continuam a poder fazer pagamentos até 10.000 euros se não forem comerciantes ou empresários (mantendo-se o limite previsto na directiva do branqueamento de capitais) e para o pagamento de impostos (só podem ser pagos em dinheiro vivo até 500 euros).
In negócios

terça-feira, 22 de agosto de 2017

Freguesia de Codessoso - Verão

O azul tão característico do Verão, vai dando lugar à cor cinzenta e triste que vai decorando o céu na freguesia de Codessoso, por causa dos vários incêndios que vão deflagrando um pouco por todo o lado nos concelhos vizinhos.

Os incêndios têm poupado a nossa freguesia, mas como ainda temos cerca de um mês de tempo quente, tudo é possível. Como este fenómeno é cíclico, de três em três anos o mato cresce da tal forma, que se criam condições para os incendiários continuarem a sua atividade, sem que haja forma de acabar com esta situação que nos vai habituando todos os anos na época do Verão.

Antigamente era o comboio a vapor que circulava no linha do Vale do Tâmega que levava com as culpas, com a evolução dos tempos, passou a ser as Empresas (Celulose) de exploração florestal que mandavam queimar os montes, para promover a plantação de eucaliptos. Com o Governo legislou para restinguir a sua plantação, alegando essencialmente os motivos ambientais, passou-se as culpas para o jogo de interesses das empresas que se governam com o combate aos incêndios um pouco por todo o pais.


Seja como for, o problema subsiste ao longo do tempo, sem solução à vista!

quarta-feira, 2 de agosto de 2017

GDC - Filhos da Terra - 2017


No próximo fim-de-semana realiza-se mais uma edição da festa "filhas da terra", organizado pelo Grupo Desportivo de Codessoso.




sábado, 15 de abril de 2017

Recordação - Escola Primária de Codessoso




Quando passamos junto às antigas instalações da Escola Primária de Codessoso, vem sempre à memória a nostalgia dos nossos tempos de infância. Os primeiros dias de escola, os contactos com os professores, os primeiros amigos.


Naquele tempo, jogava-se à bola, bate e fica, escondidinhas, macaca, pião e muitos outros jogos. Corria-se pelo monte junto à antiga Fábrica do Azeite, por vezes com a roupa e pés molhados, mas não constipava-mos, havia mais saúde e tudo era diferente.



Para quem não se lembra ou não viveu esses tempos, a zona envolvente da escola era composta por mato e silvas e o terreiro não estava vedado, o que levava que a bola, por vezes saltasse à estrada, mas felizmente nunca houve nenhum acidente com os alunos que vinham a correr apanhar a bola e por vezes, a fugir dos carros. Nessa altura, a estrada tinha muito movimento de veículos que circulavam entre os concelhos de Celorico de Basto e Amarante.


Entretanto, a zona circundante da escola e cantina foi requalificada, com a construção de muros de vedação e postos de iluminação, o que proporciona a organização de eventos na freguesia, como sejam as festas no Verão.


Actualmente as instalações da Escola e Cantiga foram cedidas às associações desportivas e recreativas da freguesia de Codessoso, Grupo Desportivo de Codessoso e Clube Atlético de Codessoso, para ali fazer as suas sedes e promover as suas actividades.

segunda-feira, 27 de março de 2017

Passeio turístico do GDC - 2017

Como se previa, o passeio turístico organizado pelo GDC, decorreu num ambiente de festa e grande animação, decorado por lidas paisagens da região do douro. A adesão foi tal, que encheu dois autocarros, onde houve lugar à prova de vinhos do douro no Povinho e tempo para saborear a riqueza gastronómica da região.


Para quem não teve a possibilidade de ir no passeio, aqui ficam algumas fotos.









quarta-feira, 15 de março de 2017

8.ª edição do Festival Internacional das Camélias de 2017

Concelho de Celorico de Basto.

Este fim-de-semana, celebra-se a 8.ª edição do Festival Internacional das Camélias.

Para mais informação, ver a página do município. 



segunda-feira, 27 de fevereiro de 2017

Exploração de vinicultura em Codessoso

Quem visita a freguesia de Codessoso, depara-se com uma nova paisagem. Nos tempos de outrora, via-se uma paisagem agrícola tradicional, com culturas alusivas à época.


Hoje está tudo transformado, os campos de cultivo do milho, centeio, batata e legumes, deram lugar à exploração vinicula, onde as linhas de plantação das videiras vão serpenteando os antigos solos agrícolas, um pouco por todo o lado.



Conforme foram morrendo os antigos caseiros, as quintas e os terrenos foram gradualmente ficando abandonado e “de velho”, tal como se costuma falar na terra, e diga-se de passagem, que é preferível ver terrenos dados à exploração de vinho que abandonado e a criar silvas e mato.


Carnaval de 2017 - Codessoso